Discursos sobre Galaxiaestudo do conhecimento construído e novas perspetivas de análise em ciências humanas para sistemas em processo de emergência

  1. Cristina Martínez Tejero
Dirixida por:
  1. Elias J. Torres Feijó Director

Universidade de defensa: Universidade de Santiago de Compostela

Ano de defensa: 2014

Tribunal:
  1. Antón Figueroa Presidente/a
  2. Roberto Samartim Secretario/a
  3. Helena Miguélez Carballeira Vogal
  4. María Felisa Rodríguez Prado Vogal
  5. João Pedro da Silva Marques de Avellar George Vogal
Departamento:
  1. Departamento de Filoloxía Galega

Tipo: Tese

Teseo: 359313 DIALNET

Resumo

Desde a consideraçom de que Galaxia é um coletivo central nos campos culturais e político galegos de segunda metade do século XX e que abordar Galaxia significa tratar cada um dos campos em que intervinhérom e intervenhem, o objetivo desta tese de doutoramento é contribuir para o avanço no saber sobre três aspetos complementares e interligados: o grupo Galaxia e o sistema cultural galego, os processos de construçom do conhecimento e o estudo de sistemas emergentes. O desenvolvimento expositivo do trabalho organiza-se em três blocos. O primeiro aprofunda nos objetivos da tese, em relaçom aos propósitos do projeto de pesquisa em que se integra, Fisempoga, e à reflexom sobre as questons metodológicas fundamentais para o estudo de processos emergentes. O segundo bloco constitui a parte central da proposta investigadora. Por um lado, centra-se na análise do conhecimento existente -tanto no processo da sua construçom como no resultado final- sobre o grupo Galaxia; polo outro, desenvolve reflexons sobre o funcionamento do campo dos estudos galegos e sobre aspetos concretos ligados à produçom de saber sobre este coletivo. No bloco terceiro, assentado numha vontade de inovaçom metodológica que poda contribuir para superar alguns dos problemas e deficiências detetados na análise do conhecimento construído sobre Galaxia, som desenvolvidos três estudos de caso -referidos à conquista da centralidade do sistema cultural galego por parte do grupo, à atividade institucional no tardo-franquismo e à produçom editorial no período 1951-1973-, junto com a proposta de linhas de pesquisa para o desenvolvimento de investigaçons futuras.